<$BlogRSDUrl$> <body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5737216\x26blogName\x3dAbstranho\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://aemitis.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://aemitis.blogspot.com/\x26vt\x3d-7622706113473169726', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quinta-feira, julho 26, 2007

Amputado


São gestos que se movem por arrasto. Na inércia do ânimo, o corpo morto deixa-se levar pelo vento como uma boneca de trapos sem nós nas costuras. Os degraus são percorridos um a um, de hematoma em hematoma, e ao sentir o peso do solo cimentado sobre os ossos quebradiços esforço-me por libertar um suspiro de alívio. Chamo-lhe tédio, ao vento. E chamo-lhe velho, ao tédio. Nesta altura do ano, de qualquer ano, o que está de moda são as próteses e as muletas, as ajudas e os remendos. Gente híbrida, de carne e plástico, eficientemente montada para que possam funcionar minimamente. Entre toda a mecânica reparadora corporal, uma dúvida subsiste: por onde vagueiam todos os membros fantasma?








............::::::::::::::::::::::::::::::::::::


música: Final - Hollow
pensamento: tremores nocturnos fazem eco

Æmitis :: 04:19 :::

Comentários: Enviar um comentário

 

Ambiente Recorrente

Contacto

Cruzamentos

Memória

Informações